A MINHA ODISSEIA...

terça-feira, fevereiro 02, 2010

OBRIGADO BILL....


A 8ª Maravilha do Mundo

O cartoonista norte-americano Bill Waterson, o criador de Calvin and Hobbes, afirmou, numa rara entrevista, publicada hoje, que não se arrepende de ter deixado de desenhar aquelas tiras de banda desenhada.


A entrevista foi publicada hoje no Cleveland Plain Dealer, jornal da cidade onde Bill Watterson

vive, e terá sido a primeira que o autor concedeu a um jornalista em 20 anos, ainda que tenha

sido por correio eletrónico.Bill Watterson, 51 anos, é o autor de uma das mais amadas tiras de

banda desenhada dos anos 1980 e 1990, protagonizada por Calvin, um temperamental miúdo de

seis anos, e por Hobbes, um tigre de peluche, inseparável companheiro de aventuras. As tiras,

compiladas em vários álbuns, foram publicadas entre Novembro de 1985 e Dezembro de 1995

em vários jornais norte-americanos e também um pouco por todo o mundo, incluindo Portugal,

no jornal PÚBLICO.Em 1995, então com 37 anos, Bill Watterson anunciou que no final desse ano

deixaria de desenhar aquelas histórias, mesmo que a série gozasse na altura de uma boa

popularidade junto do público, tanto pela via dos jornais como pela edição em álbum. A propósito

dos 15 anos do fim da série, o autor disse na entrevista publicada hoje no Cleveland Plain Dealer

que nunca se arrependeu de ter deixado de desenhar."Se me tivesse deixado levar pela

popularidade das tiras e me repetisse por mais cinco, dez ou 20 anos, as pessoas que estão agora

tristes com Calvin and Hobbes se calhar desejavam a minha morte e amaldiçoavam os jornais

por publicarem tiras aborrecidas e antigas como as minhas", referiu o autor. Apesar da

importância e do sucesso da banda desenhada que criou, Bill Watterson diz que não pensa no

legado que deixou. "Os leitores é que decidem sempre se o trabalho tem importância para eles e

eu vivo bem com qualquer das conclusões a que eles cheguem. O meu contributo para isso

terminou assim que a tinta secou", disse.Avesso a qualquer exposição mediática, Bill Watterson

admitiu que os seus "dias de estrela rock" com Calvin and Hobbes terminaram rapidamente

depois do fim da série. "Estou muito orgulhoso pelas tiras, extremamente agradecido pelo seu

sucesso e genuinamente lisonjeado que as pessoas ainda as leiam, mas eu escrevi Calvin and

Hobbes nos meus trinta [anos] e já estou a milhas disso". À pergunta "como é que gostava que as
pessoas recordassem aquela criança de seis anos e o seu tigre", Bill Watterson responde:
"Eu voto 'Calvin and Hobbes, oitava maravilha do mundo'".

Em Julho, Calvin e Hobbes aparecerão numa série de selos nos Estados Unidos.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home